Gestantes

Todas as companhias aéreas tem regras bem definidas com relação às viagens de gestantes. Mas certifique-se com antes de viajar, pois empresas internacionais podem ter regras diferentes devido à legislação dos seus países.


VIAGEM DE GESTANTES

Até 27 semanas (25 para gêmeos) – permitida a viagem sem apresentação de atestado médico.
De 28 a 35 semanas (26 a 31 para gêmeos) – permitida a viagem mediante apresentação de atestado médico que autorize a viagem e preenchimento da declaração de responsabilidade no ato do check-in. Algumas companhias aéreas permitem o preenchimento da declaração através do site da empresa. O atestado deve ser emitido com no máximo 7 dias de antecedência da viagem, devendo constar a data prevista para o parto. Também é necessário um atestado para cada trecho viajado, então em caso de voo de retorno a gestante deve portar mais de um atestado.
De 36 a 39 semanas (32 a 35 para gêmeos) – permitido o embarque apenas com acompanhamento médico.
Acima de 40 semanas (36 para gêmeos) – Não é permitido o embarque da gestante, salvo em casos especiais e acompanhada por um médico obstetra.


NÃO SÃO PERMITIDAS VIAGENS AÉREAS

– Quando a gravidez apresentar complicações médicas;
– Mulheres que tiveram um parto prematuro no passado;
– Quando o avião não tiver cabine pressurizada;
– Sete dias antes da data prevista do parto;
– Sete dias depois do parto;
– Recém-nascidos com menos de oito dias de vida.

Observações: Em caso urgentes a viagem é permitida apenas com a presença de um médico. O embarque com bebê prematuro também exige autorização médica também.